Joaquim Jorge (nome fictício)

Olá, o meu nome é Joaquim Jorge (nome fictício) e tenho 28 anos.

Cresci numa familia bem sucedida a nível financeiro. Meus pais separam-se quando eu tinha 5 anos e desde aí, fiquei a viver com o meu pai. Fui crescendo, até que aos 13 anos descobri o mundo das drogas leves e pesadas. Aos 14 anos tive uma overdose de heroína injetada, que ía pondo fim à vida. Depois disto, surgiram outras drogas na minha vida, tais como, ecstasy, acidos, ketamina e o seu consumo durou até aos meus 18 anos, idade esta que voltei a retomar o consumo de heroína e cocaína.

Comecei a frequentar bairros problematicos de Lisboa, onde vi a morte estar perto outra vez, tendo sido esfaqueado por duas vezes.

Andei em varios centros e foram várias as desentoxicações mas sempre sem sucesso, pois as recaídas eram uma constante e não conseguia ter estabilidade, pois já sentia estar condenado á morte.

Aos 22 anos a empresa do meu pai faliu, separei-me da minha esposa e fui viver para a rua, pois meus familiares já tinham perdido a confiança e a esperança que eu algum dia pudesse mudar.

Comecei então a ter que roubar para sustentar o vicío da droga, pois tinha destuído tudo o tinha, até que acabei por ir preso. Fui condenado a 8 anos de prisão dos quais 4 anos foram passados no Establecimento Prisional de Caxias.

Foi aqui no estabelecimento prisional que me falaram de uma associação cujo responsavéis davam aconselhamentos aos reclusos. Decidi então ter esse aconselhamento pelos responsavéis e que contando o meu percurso de vida, eles aconselharam-me a integrar o projeto da associação Renascer, assim que saísse em liberdade e assim foi. Entrei na associação Renascer, onde a minha vida mudou radicalmente. Aprendi novos príncipios e valores de vida, fazendo de mim uma pessoa completamente renascida. Os primeiros tempos não foram nada fáceis, mas os principios de familia, amor e cuidado, transformaram a minha vida. Encontrei aqui o amor de uma familia que outrora eu nunca tinha sentido. Hoje estou limpo de drogas tabaco e medicação, sinto como se voltasse aos meus 13 anos de idade, pois desde aí não sabia o que era estar sóbrio. Voltei a reatar os meus laços familiares e dou graças a Deus por este milagre na minha vida. Agradeço a toda esta equipa da associação renascer pelo amor, trabalho e dedicação e que geraram esta mudança na minha vida, pois verdadeiramente renasci.

Muito obrigado e Deus vos abençoe.