Gonçalo Duarte

Olá, o meu nome é Gonçalo Duarte e tenho 33 anos. Nasci e fui criado no seio de uma familia de classe media alta, onde nada me faltava ao nível material. Vivia debaixo de uma super proteção familiar. Por esse motivo, cresci com um desiquilibrio emocional, inseguro e com falta de confiança em mim. Com o tempo, fui sentindo falta de algo, apesar de nada me faltar. Aparentemente, acabei por me integrar em duas familias, uma no local onde morava e outra num parque de campismo, que frequentava aos fins de semana e nas férias de Verão.

Nestes dois grupos, eu conheci o alcoól aos 15 anos, aos 17 anos o haxixe, aos 18 anos o ecstasy e daí até aos 28 anos consumi cocaina, mdma e catamina. Durante 13 anos da minha vida, vivi sem rumo e sem direção, de dia para dia estava a destruir a minha vida e da minha familia. Em mim crescia uma depressão, por várias vezes tentei sair sozinho desta vida, mas sem susesso. O tempo passou e um dia por intermédio de uma pessoa, conheci a Associação Renascer. Eu, na altura não tinha trabalho. Comecei como voluntário da associação e assim estive durante uns meses, até me convidarem a passar pelo Programa de Reablitação e Reinserção Social, pois eu não estava a conseguir ultrapassar os meus problemas, devido ao meu passado. E assim foi, aceitei o desafio, hoje após 4 anos sinto-me bem, mais confiante, cheio de objectivos e planos. Sou um homem novo e transformado. Quero agradeçer muito a familia Renascer e a todas as pessoas envolvidas neste projeto, muito obrigado.